Bem vindos!

Seguidores Especiais

Visitantes Online

Me visitaram

Siga por Email

Você é o visitante

counter free

Pesquisar este blog

Minha lista de blogs

Parcerias

Mural de Recados

Link-me

Tecnologia do Blogger.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
domingo, 10 de março de 2013

Minha Dengosa


Eu, quando criança sempre gostei de animais, mas em casa eu tive cachorro. Também tive peixinho, e minha mãe gostava muito de passarinhos. Nunca tive gatos, pois minha mãe dizia que ia estragar o sofá dela, etc e tal. Tive uma cachorrinha poodle que viveu conosco durante 16 anos, ela morreu de cancer quando eu tinha uns 26 anos, já era casada e já tinha tido minhas 3 filhas. Quando minhas filhas eram pequenas elas tiveram um hamster que elas batizaram de Dunguinha. O danado do bichinho era uma espoleta, quando estava dentro da gaiolinha vivia brincando na rodinha, de vez em quando elas tiravam ele da gaiola e ele muito rapidinho corria por dentro do quarto. Ai passou 2 anos, e como esses bichinhos tem período de vida curto, ele morreu. Ai é que começa a história de uma gata que entrou na nossa vida, ela nos adotou. Era uma gata preta de grandes olhos amarelos, muito linda, que apareceu na garagem do prédio onde eu morava. As minhas filhas quando viram a gata se apaixonaram por ela, e quase todo dia elas desciam até a garagem pra dar comida a gatinha (ai voces podem ver que eu ja tinha até comprado ração pra ela). E com isso foi passando o tempo e a gata continuava la embaixo, eu achava bonitinha, mas ainda não me passava pela cabeça trazer a gata pro meu apartamento. O espantoso é que quando minhas filhas iam pegar o elevador pra voltar pra casa, a gatinha ficava na porta do elevador olhando e miando, como que pedisse pra ser levada. Uma noite que caiu uma chuvarada enorme, com muitos trovões e relâmpagos, as minhas duas sapecas desceram sem a gente saber e foram até a garagem e viram a bichinha encolhida embaixo do carro toda molhadinha. Ai elas não tiveram duvidas, pegaram um guarda chuva e foram apanhar a gata. Elas subiram com a gata, mas o meu marido disse que não, que não podia ficar, que ela ia ter que ser levada pra garagem (e olha que ele é apaixonado por gatos), enfim, a gata ficou até a chuva passar e depois foi levada embora. Só que as meninas não sossegaram! Insistiram tanto, tanto perturbaram que uns dias depois de muita conversa a gata voltou. Demos o nome dela de Dengosa, pois ela era muito meiga, muito carinhosa. Como gostava de dormir na minha cama, principalmente em cima do travesseiro, e eu deixava né? Era tão bom sentir o carinho que ela tinha com a gente. 



E assim foram se passando os anos e esse ano ela morreu (ela já era bem velhinha), ela virou uma linda estrelinha agora em janeiro. Nossa, foi um sofrimento enorme, ver a vidinha dela se esvaindo, sem a gente poder fazer mais nada. Mas ela morreu tranquila, nos nossos braços. Até os nossos outros peludinhos sentiram a morte dela, eles ficaram alguns dias quietos, sem brincar. Daqui a alguns dias se farão 2 meses sem a minha bichinha, a minha tristeza diminuiu já, mas a saudade é enorme, nunca irei me esquecer da minha gatinha de bruxa, era assim que eu chamava ela, por causa dos seus lindos olhos amarelos. 

DENGUINHA, MEU AMOR, MEU ANJINHO DE 4 PATAS, VOCE AGORA É UMA LINDA ESTRELINHA QUE BRILHA NO CÉU,  MAS NA MINHA MEMÓRIA E NO MEU CORAÇÃO VOCÊ VIVERÁ PARA SEMPRE!!!

Noeli

0 comentários: